segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Do que é


E é pelos sorrisos floridos que em meus olhos nascem quando o cheiro da sua voz chega em minha pele, que sei que teu abraço é o melhor adubo que a minha alma já recebeu.

Camila Lourenço

"Você tem gosto de wisky quando me beija"


É por isso que eu gosto de ficar pendurada nessa sua boca. Você ri e me chama de louca, tarada. Mas é que esse nectar que nossos lábios quando juntos, produz, me embriaga e eu sinto vontade de bebê-lo até trocar as pernas, até me perder nessa rua da nossa história e dela não sair nunca mais.
A rua, você, eu e a embriaguez dos nossos beijos.
"Você tem gosto de wisky quando me beija" e eu estou louca pra ficar bêbada. Não pare.

Camila Lourenço

"Amizade é um amor que nunca morre."

Um amigo serve pra te ouvir por horas a fio, ou pra te fazer ficar calado com cara de paisagem enquanto ele repete pela centésima vez a mesma história. Serve pra te xingar, brigar, quase te bater ao te ver entrar novamente em um barco tão furado quanto o último, e horas depois, repetir o mesmo erro que há pouco criticou. Pra sentar espaçosamente em um bar e dialogar horas a fio sobre qualquer besteira, ou não falar nada e ainda assim protagonizar com você o diálogo mais proveitoso do mundo. Ou, dividir um banco com você, no canto de uma igreja qualquer, olhando firme para o nada, reforçando sua fé "naquele" que existe.
Pra te lembrar o quanto você é foda, ou o quanto é cretino. Pra ser pra sempre, e te relembrar que pra sempre nem sempre é tão durável assim. Pra te tirar da fossa e te fazer sujar os pés de barro, até a nuca se for preciso, para desafogá-lo da lama, quando ele, sozinho, de lá não conseguir se levantar.
Amigo serve pra emprestar roupa, levar recado pra futuros namorados, presenciar declarações exageradas, guardar confidências nem sempre tão educadas. Serve pra fazer a vida mais doce, menos amarga, mais embriagada, menos tonta. Pra te dá o impulso no pulinho pra levar seus sonhos nas nuvens sem tirar os pés do chão. Pra fazer sonhar grande, mesmo sendo sonhos de outros.
Amigo nos faz olhar para o mundo e sentir o quão iguais e diferentes todos somos.
Amigo serve pra lembrar que sozinho é impossível chegar em algum lugar.


Camila lourenço

“Ofereço meu bom humor e minha paciência e você deve saber que esta não é uma oferta muito comum.”

Verônica H.

não olha pra trás, não olha pra baixo como quem tem arrependimento de ser o que é.


“Controla, menina, controla esse coração angustiado. Controla essas palavras ácidas que pulam da sua boca, dá um jeito nesse seu jeito inseguro. Dá um jeito nessa sua vida, não dá pra viver no escuro, de olhos cegos, apalpando o nada. Escolha um caminho, vai em frente, não olha pra trás, não olha pra baixo como quem tem arrependimento de ser o que é.”
Bianca Landi


“Tudo que era vadiagem sozinho: assistir televisão, dormir até tarde: torna-se programa. Namorar é encontrar um cúmplice para nossa preguiça.”
Fabrício Carpinejar


“Me concedo o direito de não me sentir responsável por aquele que cativo. Me sinto grata, mas responsável é demais.”
Martha Medeiros


“Não há como ensinar o outro a escolher, toda escolha depende da capacidade de suportar perdas.”

Fabrício Carpinejar

Tão difícil deixar fluir.


“Tão difícil deixar fluir. Mas é o que precisa ser feito agora. (...) E assim vamos fluindo, juntos. Correnteza leve, por favor. Que não estamos assim muito prontos pra grandes tormentas. Tá tudo bem na verdade. É só uma questão de se encontrar. Porque às vezes eu me perco e fico me procurando, e não me acho. Mas quem sabe assim, deixando que a água vá me levando, não dá certo, né?”

Caio Fernando Abreu

Se eu disser que te amo, pode ter certeza que é mentira.



Se você se apaixonar, vou ter que sumir. Se disser que me quer, acaba o desafio. Assuma a bagunça que eu sou sem tentar me arrumar, não serei sua, não serei séria, não estarei sóbria. Se eu disser que te amo, pode ter certeza que é mentira. Mal consigo me amar, quanto mais amar alguém que não é o que eu espero.
Verônica H.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

“Nada mais frustrante do que confessar uma preocupação e ouvir do outro lado que é bobagem.”

Fabrício Carpinejar
Postagem: K. Alberti

Melhor lugar do mundo

“Onde, afinal, é o melhor lugar do mundo? Meu palpite: dentro de um abraço.”

Martha Medeiros
Postagem: K. Alberti

Quero ficar só

“Quero ficar só. Gosto muito das pessoas, mas às vezes tenho essa necessidade voraz de me libertar de todos.”

Lygia Fagundes Telles
Postagem: K. Alberti

“Enfim, tenho agradecido por estar viva e ter andado por onde andei e ter vivido tudo o que vivi e ser exatamente como sou.”
 
Caio Fernando Abreu
Postagem: K. Alberti

domingo, 14 de agosto de 2011

Se supere, se permita

Nem sempre vai ser como é hoje, chega um ponto em que você perde o chão e não sabe o que fazer, mas você precisa ser forte e enfrentar, por que a vida cobra isso de você. Você vai sentir saudades e isso vai doer lá dentro, vai precisar ouvir coisas que não quer, mas você terá que suportar. Faça tudo com a certeza de que no final dará certo. Siga de cabeça erguida, se supere, se permita.



Garoto Invisível

É dificil porque o sentimento fica, vai ficando e permanece dentro deles

Eles se amam, todo mundo sabe mas ninguém acredita. Não conseguem ficar juntos. Simples. Complexo. Quase impossivel. Ele continua vivendo sua vidinha idealizada e ela continua idealizando sua vidinha. Alguns dizem que isso jamais daria certo, outros dizem que foram feitos um para o outro. Eles preferem não dizer nada. Preferem meias palavras e milhares de coisas não ditas. Ela quer atitudes, ele quer ela. Todas as noites ela pensa nele, e todas as manhãs ele pensa nela. E assim vão vivendo até quando a vontade de estar com o outro for maior do que os outros. Enquanto o mundo vive lá fora, dentro de cada um tem um pedaço do outro. E mesmo sorrindo por ai, cada um sabe a falta que o outro faz. Nunca mais se viram, nunca mais se tocaram e nunca mais serão os mesmos. É fácil porque os dias passam rápidos demais, é dificil porque o sentimento fica, vai ficando e permanece dentro deles. E todos os dias eles se perguntam o que fazer. E imaginam os abraços, as noites com dores nas costas esquecidas pelo primeiro sorriso do outro. E que no momento certo se reencontrem e que nada, nada seja por acaso.”


Tati Bernardi

Sempre seguir em frente

Quando uma pessoa para de te valorizar, você deve pegar as suas coisas e ir embora com a sua dor. O melhor conselho que eu posso dar é: sempre seguir em frente e pensar nas coisas boas, pois as coisas que são para você virão, você não precisa buscar.


Dulce María

Tudo tem sua hora, seu momento e seu porque


Existem momentos na vida que é necessário excluir pessoas, apagar lembranças, jogar fora o que machuca, abandonar o que nos faz mal, se libertar de coisas que nos prendem, olhar para frente e enxergar a dimensão de caminhos ao nosso redor ao invés de insistir sempre no mesmo erro e na mesma dor, aprenda a gostar de você, cuidar de você e principalmente gostar de quem também gosta de você. Todos nós temos o tal livre arbítrio, sempre tem dois caminhos, basta você saber escolher, mais nem sempre o certo é o melhor, tudo tem sua hora, seu momento e seu porque. Αgora só resta aproveitar a vida intensamente, porque nunca temos certeza do amanhã.

Blog Os Aprendizes

É doce, doce, extremamente doce, tão doce

“Mas ela gosta de colecionar segredos. Coisas grandes, que ela guarda dentro de uma caixinha. É doce, doce, extremamente doce, tão doce. E ela fica ali, mastigando alegrias.”


Caio F. Abreu

Ele é você

Ele é o anjo dela, é os pensamentos, ele é a única pessoa que faz o coração dela pular só de ouvir a voz, ah, a voz dele a acalma de uma forma tão impressionante, o sorriso dele é tão lindo, tão puro, os abraços dele conseguem fazer ela se sentir protegida, segura, os beijos a fazem esquecer de tudo, se duvidar até do próprio nome, ela lembra de tudo que eles passaram, como o conheceu, tudo o que ele disse. Ela sente que ele é dela assim como ela é dele. Ela sou eu. Ele é você.
Marcela Soares

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

É hora meu amor, de descobrir o amor

Nem sempre sei rir das dificuldades, ou entender os problemas... As vezes, ou quase sempre eu fraquejo, choro abraçando as pernas até soluçar, perco o rumo, o caminho, perco meu chão...As vezes me pergunto se ainda sou nova demais pra conseguir cultivar uma felicidade, ou se o destino não tem o que eu acredito como a melhor felicidade. Quando a busca chega ao fim? Se é que ela tem um fim...
Não sei exatamente em que momento eu decidi desistir de você, nem o que me convenceu após tantos revezes. Ou em que momento a solidão se sufocou com ela mesma e não quis mais se sentir sozinha. E hoje não choro mais por medo de abrir mão do seu sorriso, ou de me forçar a enxergar você como ser humano que muda de idéias, de vontades e que muda os planos e as crenças, não choro mais por você ter enxergado antes de mim o fim.
E também não é hora de abrir a alma pra arrependimentos ou amarguras, é hora de sentir somente pelo o que hoje pode acrescentar, pelo o que pode ser o começo de alguma trilha nova que nunca percorri.
É hora meu amor, de descobrir o amor...
De saber amar a vida e o que lhe acrescenta!

Texto
Kíscella Alberti

Saudade não é olhar pro lado e dizer "se foi"...

Saudade não é o que a gente sente quando a pessoa vai embora. Seria muito simples acenar um "tchau" e contentar-se com as memórias, com o passado. Saudade não é ausência. É a presença, é tentar viver no presente. É a cama ainda desarrumada, o par de copos ao lado da garrafa de vinho, é a escova de dentes ao lado da sua. Saudades são todas as coisas que estão lá para nos dizer que não, a pessoa não foi embora. Muito pelo contrário: ela ficou, e de lá não sai. A ausência ocupa espaço, ocupa tempo, ocupa a cabeça, até demais. E faz com que a gente invente coisas, nos leva para tão próximo da total loucura quanto é permitido, para alguém em cujo prontuário se lê "sadio". Ela faz a gente realmente acreditar que enlouquecemos. Ela nos deixa de cama, mesmo quando estamos fazendo todas as coisas do mundo. Todas e ao mesmo tempo. É o transtorno intermitente e perene de implorar por "um pouco mais".
Saudade não é olhar pro lado e dizer "se foi". É olhar pro lado e perguntar "cadê"?
Beeshop
Postagem: K. Alberti

Pessoas que fazem muita diferença na nossa jornada

“Acho maravilhoso perceber o quanto algumas vidas interagem com a nossa de um jeito tão mágico e bonito(...) Todo encontro que verdadeiramente nos toca é uma espécie de milagre num mundo de bilhões de seres humanos. Algumas pessoas a gente nem imaginava que existiam, mas, meu Deus, que agrado bom é para a alma descobrir que vivem. Que estão por aqui conosco. Pessoas que fazem muita diferença na nossa jornada, com as quais trocamos figurinhas raras para o nosso álbum."

Ana Jácomo
Postagem: K. Alberti

o amor verdadeiro sempre espera um pouco mais pelos abraços atrasados.


De todas as coisas que você me deu a melhor delas certamente foi achance de escolher, escolher você, escolher ficar contigo e atravessar com algum alívio os dias que eu quero simplesmente morrer pra não ser intimado a depor sobre o meu sumiço. Você me ensinou muitas coisas, a melhor delas, me ensinou que o amor verdadeiro sempre espera um pouco mais pelos abraços atrasados.

Gabito Nunes
É uma decepção diferente: não penso obsessivamente, não tenho vontade nenhuma de ligar nem de escrever cartas, não tenho ódio nem vontade de chorar. Em compensação também não tenho vontade de mais nada.


Caio Fernando Abreu 

Cansei de morrer na vida das pessoas. Resolvi matar também.

E foi a primeira vez em meses que suspirei fundo e não doeu nada. Peito não apertou, coração não engasgou. Ou sequei de vez por dentro, ou entendi que amar não é sangrar, que se apaixonar nem sempre é sofrer, e que é possível viver sem um ou outro, ou sem os dois ao mesmo tempo, e ainda assim ser feliz. Boto minhas fichas na segunda opção.


Camila Lourenço

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração

“E assim, aos poucos, ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará. A moça - que não era Capitu, mas também tem olhos de ressaca - levanta e segue em frente. Não por ser forte, e sim pelo contrário…por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, na sua alma, na sua essência. E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda. Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, vieram ao mundo.”
Caio Fernando Abreu
Postagem: K. Alberti

Não acredito no amor

“Me desculpe, mas eu não acredito no amor. Eu até queria acreditar, mas a vida vem me obrigando a fazer o contrário. Quando eu acreditei que seria sincero, acabei me deparando com o que costumo chamar de “decepção” ou “tapa na cara”. Sabe aquela escorregada que você precisa dar pra aprender a levantar? Então, é disso que estou falando. E tem sido assim. Não acredito no amor, não acredito nas pessoas, não acredito em mim. As pessoas não gostam de você pelo o que você é, elas gostam pelo o que você pode oferecer a elas. Costumam chamar de “desilusão” quando descobrem que o que queriam, você não pode dar e te descartam como objetos. Então, pergunto a mim mesma: o que move o mundo, o desejo de parecer ou o desejo de ter? Indago-me algumas vezes, percebo que sou incapaz de compreender. Ao menos sei que o que move o meu mundo é o desejo de ser, ser alguém que ama e acredita, confiante, que é amado. Mas, por enquanto, continua sendo apenas um desejo…”

Caio Fernando Abreu
Postagem: K. Alberti

Eu sei que quem te merece está a sua espera

Olá. Eu te conheço muito bem, e você me conhece também, porque afinal, somos um só. Se eu não batesse, você não viveria. Mas eu queria saber o porquê de você sofrer tanto, se as pessoas que eu escolho pra você, são legais, e na maioria das vezes, te amam! Não é certo se fechar porque uma dessas pessoas foi idiota o suficiente para te magoar. E não é certo me criticar, me xingar, porque você sabe que eu só quero o melhor pra você. Afinal, somos um só, não é mesmo ? Então se levante dessa cama, enxugue essas lágrimas, afaste essa caixa de chocolates que você comia com tanta tristeza, exclua todos os momentos ruins e siga a sua vida! Não pense que nunca mais vai amar e que nunca vai ser amada, porque eu sei que quem te merece está a sua espera. E olhe para frente, tem alguém especial te olhando, porque eu sinto isso, já que somos um só.
Com amor, seu coração.
(Autor Desconhecido)
Postagem: K. Alberti

Eu ainda não consegui entender como tem gente que desiste da própria felicidade

Eu sinto falta daquele sorriso que eu te tirava, que era perfeitamente desenhado no seu rosto. Eu sinto falta de ouvir os seus batimentos cardíacos, e ouvir de você que seu coração batia mais acelerado ao me ver. Eu sinto falta de acordar de manhã cedo e ler o seu sms dizendo “Bom dia. Eu te amo, sabia?”. Eu sinto falta de sentir o cheiro do seu perfume, quando alguém estiver próximo de mim e tiver o mesmo cheiro que o seu. De ouvir a nossa música e te sentir ao meu lado. De fechar os meus olhos e ver você. E diante a tudo isso, diante do que nos tornamos, eu poderia simplesmente desistir… Mas eu não vou. Eu ainda não consegui entender como tem gente que desiste da própria felicidade. Eu quero você. Quero sentir o prazer de ter você pra mim, seja por uma hora ou um dia. Quero que tudo seja da forma mais perfeita possível, não que eu queira calcular, afinal, eu gosto de deixar as coisas acontecerem sem que eu planeje. Não quero só ficar com você, eu quero mais que isso. Quero entrar na sua vida em um momento especial, de um jeito especial. Te fazer feliz. Quero que você não só sinta o meu beijo, mas também os meus batimentos cardíacos que vão estar a mil, só por ter você ao meu lado. Quero fazer você se sentir a pessoa mais especial do mundo, e por um momento ver você sorrindo, tímido, com um brilho diferente nos olhos que só eu vou conseguir enxergar. Eu quero você da forma mais inexplicável, mais estranha, mais simples… E não será um “adeus” que me fará desistir de nós.


Júlia Fagundes - Blog Manuscrito
Postagem: K. Alberti

Se for pra reescrever minha vida, vem. Mas que seja à caneta.

Mas eu não posso reclamar. É, não posso reclamar. Mas eu queria reclamar, conversar, entender, decidir. Ou então gritar, berrar, rugir, enlouquecer até você verbalizar uma improbabilidade tal como “garota, cala essa boca lotada de marimbondos e pequenas palavras mal escolhidas e vê se escuta isso: eu amo você demais”. Como fazem nas histórias da locadora que não temos paciência de assistir, porque no fim a gente fica sabendo que assim como amar, ser amado também é uma coisa que se aprende. E hoje, isso de amor é muito blá.
Cansei de caçar seus verbos soltos, escudos de quem acha que tem o gênio indomável sabendo que não passa de um daqueles que enguiçam a raça humana. Se quiser vir, que seja sem esse egoísmo tão “século-vinte-um” de trilhar caminhos pela metade, escapar pelos canteiros e me deixar falando pelos cantos. Se for pra calar minha boca, vem. Se for pra reescrever minha vida, vem. Mas que seja à caneta.”

Gabito Nunes
Postagem: K. Alberti

Que seja extremamente e surpreendentemente doce

Bom dia, bom dia pra você que acordou de mau humor, pra você que acordou e já sorriu pra você mesma no espelho, pra você que acordou sozinha e que quando viu o celular, ele esperava com uma mensagem nova, pra você que acordou com a pessoa que ama do lado, pra você que ainda espera acordar, pra você que dançou até as pernas doerem e acordou com a cara toda manchada de delineador, bom dia pra você que espera que o dia seja maravilhoso e iluminado, bom dia também pra quem espera que seja um tédio, talvez você não espere por esperar, o dia pode estar te guardando surpresinhas no final da tarde, bom dia, bom dia pra quem acordou sorrindo, também pra quem foi dormir chorando, pra quem ainda está na cama e pra quem vai dormir agora, bom dia pra quem está lendo e pra quem ainda vai ler.Que sua manhã, sua tarde, sua noite, seu dia inteiro, seja doce, que seja extremamente e surpreendentemente doce.
Fernanda Myamoto
Postagem: K. Alberti

Nunca amei tanto em toda a minha vida.

E não há paisagem que seja mais linda do que o rosto do seu amor. Não há pôr-do-sol que valha desviar seu olhar do dela. Eu te amo. Eu também te amo. Eu te amo mais. Impossível. Eu te amo o mundo. Eu te amo o universo. Te amo tudo aquilo que não conhecemos. E eu te amo antes que tudo o que nós não conhecemos existisse. Eu te amo. Eu te amo. Eu te amo mais do que a mim. 'Já conheço os passos dessa estrada'... E, mesmo assim, estarei sempre pronto para esquecer aqueles que me levaram a um abismo. E mais uma vez amarei. E mais uma vez direi que nunca amei tanto em toda a minha vida. 

Fernanda Young
Postagem: K. Alberti

Só estou magoada

Não estou brava. Só estou magoada, decepcionada. Se fosse raiva eu teria feito de tudo pra te ferir igualmente, o problema é que estar magoada só faz com que eu me machuque mais.

Júlia Fagundes - Blog Manuscrito
Postagem: K. Alberti

Estou ficando cada vez mais cansada

Estou ignorando tanta coisa, fingindo não ver, não sentir. Acho que deve ser isso que está me deixando cada vez mais cansada das pessoas.

(Autor Desconhecido)
Postagem: K. Alberti

domingo, 7 de agosto de 2011

Chorar Faz Bem. É a Dor Do Crescimento...

“Comecei a ficar mais atenta às verdadeiras razões dos meus choros, [...] Já aconteceu de eu quase chorar por ter tropeçado na rua, por uma coisa à-toa. É que, dependendo da dor que você traz dentro, dá mesmo vontade de aproveitar a ocasião para sentar no fio da calçada e chorar como se tivéssemos sofrido uma fratura exposta. Qualquer coisa pode servir de motivo. Chorar porque fomos multados, porque a empregada não veio, porque o zíper arrebentou bem na hora de sairmos pra festa. Que festa, cara-pálida? Por dentro, estamos em pleno velório de nós mesmos, chorando nossa miséria existencial, isso sim. Não pretendo soar melodramática, mas é que tem dias em que a gente inventa de se investigar, de lembrar dos sonhos da adolescência, de questionar nossas escolhas, e descobre que muita coisa deu certo, e outras não. Resolve pesar na balança o que foi privilegiado e o que foi descartado, e sente saudades do que descartou. Normal, normalíssimo. São aqueles momentos em que estamos nublados, um pouco mais sensíveis do que gostaríamos, constatando a passagem do tempo. Então a gente se pergunta: o que é que estou fazendo da minha vida? Vá que tudo isso passe pela sua cabeça enquanto você está trabalhando no computador. De repente, a conexão cai, e em vez de desabafar com um simples palavrão, você faz o quê? Cai no berreiro. Evidente. Eu sorrio muito mais do que choro, razões não me faltam para ser alegre, mas chorar faz bem, dizem. Eu não gosto. Meu rosto fica inchado e o alívio prometido não vem. Em público, então, sinto a maior vergonha, é como se estivesse sendo pega em flagrante delito. O delito de estar emocionada. Mas emocionar-se não é uma felicidade? Neste admirável mundo de contradições em que a gente vive, podemos até não gostar de chorar, mas trata-se apenas da nossa humanidade se manifestando: a conexão do computador, às vezes, cai; por outro lado, a conexão conosco mesmo, às vezes, se dá. Sendo assim, sou obrigada a reconhecer: chorar faz bem, não importa o álibi. É sempre a dor do crescimento.”

Martha Medeiros (in Coisas da vida)
Postagem: K. Alberti

Eu não sou normal meu amor...

Eu durmo com o cabelo molhado, eu danço como uma louca no meu quarto, como se o mundo lá fora não existisse. Eu falo alto, eu canto desafinada, eu faço dançinhas malucas que ninguém entende. Se eu for, eu vou assim, não vou trocar de roupa, no meu mundo isso é lei. Eu durmo de maquiagem, ando descabelada pela casa, fico o dia todo de uniforme e semanas com o esmalte descascado nas unhas, eu grito com Deus e o mundo, sorrio para as pessoas que eu nem ao menos conheço, passo horas no telefone com a minha melhor amiga, as vezes eu não escovo o cabelo, ligo à cobrar pros meu pais, mando mensagens de madrugada pra pessoas que sinto falta. Como sorvete e chocolate desesperadamente como se o mundo fosse acabar amanhã. Eu me apaixono pelas pessoas erradas, me apego com facilidade, tenho poucos amigos, mas verdadeiros. Choro em filme de romance, paro de ler um livro na metade, tenho centenas de revistas, meu quarto não é lindo, mas pra mim é o mundo perfeito. Gosto quando alguém me abraça, e gosto de abraçar as pessoas. Eu ouço musicas no volume máximo, xingo algumas pessoas pelo pensamento, não faço lição de casa as vezes e vou esperar pra sempre meu príncipe encantado, mas nem por isso vou parar de viver minha vida. Gosto do frio e de momentos românticos, gosto de garotos fofos e palavras sinceras. Eu realmente não sou normal amor, mas o que importa, se é assim que eu sou feliz?
Blog Caçadora de Sonhos
Postagem: K. Alberti

Mesmo sabendo o final da história, eu não faria diferente. Eu faria de novo

Sempre me disseram que se deve ser feliz de dentro pra fora. Pois se é assim, então eu não sou. Eu guardo sentimentos ocultos. Eu guardo melancolia. Eu alimento minhas nostalgia. E em dias como hoje, desenterro todo o meu passado e brinco de voltar no tempo com as palavras. De mudar o que já acabou. De eternizar o que nem durou. Talvez a vida seja mesmo isso. Guardar sentimentos. Eu só não consigo entender como as pessoas conseguem com o tempo, simplesmente se desfazer de tudo isso. O tempo pra mim, não muda nada:  Deixar as coisas mais distantes só faz com que a minha vontade de alcançá-las aumente. Sinto saudade de tudo aquilo que já passou. De todos os cheiros, de todos os erros e de todos os medos. Dos amigos que se foram. Dos idiotas que me fizeram aprender o que é sofrer. Sinto falta de caber no banco de trás do carro dos meus pais. Do meu primeiro colégio e das suas exigências sem fundamento. Da minha professora do infantil que me faz acreditar que eu era diferente. Sinto falta de tudo aquilo que tive que deixar, de tudo aquilo que me deixou antes mesmo de chegar. Dos abraços e das lágrimas que eu não deixei cair. Da cor do meu quarto quando o sol batia pela janela. Da música que tocava naquela viagem de família. Mesmo sabendo o final da história, eu não faria diferente. Eu faria de novo. Pra sempre.

Camila Lourenço
Postagem: K. Alberti e J. Mendonça

O que tiver de ser, haverá de ser

Eu prefiro acreditar que quem não ficou é porque não era pra ficar. A resignação é menos amarga que a lamentação. Se não foi, é porque não era pra ser. Se não apareceu, é porque não chegou a hora. Se apareceu e você não viu, é porque ainda não era o momento pra ver. Se apareceu e você estava ocupado se cicatrizando... paciência. Se o fim era certo e ainda assim você resolveu entrar, é porque valia a pena. A aceitação das coisas como elas são ainda me parece a maneira mais indolor de deixar a vida seguir seu curso sem levar consigo a nossa esperança de que a vida pode ser sim, "doce".
O que tiver de ser, haverá de ser.  

Camila Lourenço
Postagem: K. Alberti e J. Mendonça

sábado, 6 de agosto de 2011

Que a gente siga

Que a gente siga assustando as pessoas que não merecem se encantar. Que a gente siga afugentando quem não merece ficar. Que a gente siga."
Tati Bernardi
Postagem: K. Alberti

A minha ideia brilhante é sincronizarmos nossos relógios, porque, né?

As vezes eu te amo mais do que deveria e a minha ânsia pela tua presença inúmeras vezes quase me cega. Fico desoladamente triste quando me engano reconhecendo em alguma pupila qualquer as retinas desses seus olhos benditos. E a fé que todos os dias renovo? Fora os planos de um futuro bom no qual jamais deixei de te incluir. Na sua ausência construí pedaços importantes do meu livro e agora que a cortina do mundo se abre pra mim eu ainda olho uma vez mais para trás, na busca incessante dos seus olhos fitando os meus... em vão. O fio que me prende ainda é essa esperança quase maldita que tenho na vida, que me faz crer que num dia qualquer, quem sabe até amanhã, você simplesmente abra a porta da minha vida e entre de uma vez, me mostre enfim qual o som desse seu rosto, me conte seu nome e faça nesse peito que há tempos te pertence, seu lugar.

Camila Lourenço
Postagem: K. Alberti e J. Mendonça

Não é fraqueza chorar...

Não é fraqueza chorar, lamentar, ter o tempo de luto por tudo que em nós morre vez em quando. Fraqueza é não aceitar que tudo, mesmo os acontecimentos mais dolorosos, contribuem de uma forma ou de outra para nos preparar para o que realmente queremos e devemos receber.

Camila Lourenço
Postagem: K. Alberti e J. Mendonça

É impossível doar amor se não conseguirmos amar primeiro

"Quero guardar essa certeza de que tudo está certo mesmo quando está errado.
Sim, há mesmo aquela valia da vida te premiar quando você resolve levá-la a sério e vivê-la primeiramente por si. É impossível doar amor se não conseguirmos amar primeiro, o reflexo no espelho."

Camila Lourenço
Postagem: K. Alberti e J. Mendonça

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Não tente me agradar porque eu odeio gente boazinha

"Deixei a porta aberta e você entrou. Ou será que abri a porta justamente para você (só servia você) entrar, invadir ou chegar? Sua falta de jeito com a delicadeza era parecida com a minha e achei tão bonitinho isso. Nem grosso demais e nem polido demais, porque pisar em ovos é um saco. Não te pedi nada, só que me tratasse bem. Até hoje não te cobro e nem peço nada que seja esquisito demais ou dê muito trabalho. Não grite comigo porque eu também sou pavio curto. Respeite minha preguiça matutina e eu entro no seu ritmo também preguiçoso. Conte suas novidades, faça massagens nos meus pés e não tenha medo de quem toma Rivotril pra dormir. Virei presa fácil, barata até, você se esforçará pouco para me ter para sempre. Acredite quando eu digo que é melhor com você. Não duvide do que eu digo mas prometo que se a verdade for chata, feia e boba, eu escondo. Não me conte as suas tristezas porque eu também disfarço as minhas. Prometo segurar o choro, mas se ele vier, fica do meu lado, segura a minha mão. Tem hora, quem hoje, que eu só preciso que você segure na minha mão. Não tente me agradar porque eu odeio gente boazinha. Seja mais inteligente do que os outros e diga as coisas de que gosto de ouvir. Vou te achar o máximo. Não se vista tão bem... gosto de camisa para fora da calça, gosto de braços, gosto de pernas e muito de pescoço. Leia, escolha seus próprios livros, releia-os. Odeie a mesmice, xingue a vida doméstica e também os agitos noturnos. Seja um pouco caseiro e um pouco da vida, não de boate que isto é coisa de gente triste. Não seja escravo da televisão, nem xiita contra. Nem escravo meu, nem filho meu, nem meu pai. Escolha um papel para você que ainda não tenha sido preenchido e o invente muitas vezes. Me enlouqueça não ligando de vez em quando. Mas me faça uma louca boa, uma louca que ache graça em tudo que rime com louca: loba, boba, rouca, boca ... Goste de música e de sexo. goste de um esporte não muito banal. Não invente de querer filhos, me carregar pra a missa, apresentar sua familia... isso a gente vê depois ... Nunca deixe eu dirigir o seu carro, diga que não confia, só pra eu ficar meia hora com raiva de você. Seja só um pouquinho canalha e olhe para outras mulheres, tenha amigos e digam muitas bobagens juntos. Me trate como uma rameira, mas só quando estivermos deitados. No dia-a-dia fale palavras doces, principalmente hoje. Não me magoe com ironias porque não sou nem um pouco altruísta e posso sentir raiva por ter deixado a porta aberta."

Martha Medeiros
Postagem: K. Alberti

Durante o percurso da vida, tudo é movimento, surpresa e sorte

Nossos pensamentos não estacionam, nossos desejos variam, o certo e o errado flertam um com o outro, não há permanência, tudo é provisório, e buscar um porto seguro é antecipar o fim: a única segurança está na morte, será ela nosso único endereço definitivo.
Durante o percurso da vida, tudo é movimento, surpresa e sorte.

Martha Medeiros
Postagem: K. Alberti

Já doeu uma vez

Eu constantemente sinto saudades das coisas que perco, de coisas que já foram minhas, mas não as quero de volta. Já doeu uma vez. 

Caio Fernando Abreu
Postagem: K. Alberti

Por que você ama quem você ama?

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não tem a maior vocação para príncipe encantado, e ainda assim você não consegue despachá-lo. Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita de boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama este cara? Não pergunte para mim.

Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.

Martha Medeiros
Postagem: K. Alberti

Mas não se esqueça:

Assim como não se deve misturar bebidas, misturar pessoas também pode dar ressaca.

Martha Medeiros
Postagem: K. Alberti

Por trás do 'eu te amo'

Vou contar o que ELA vê nele: ela vê tudo o que não conseguiu ver no próprio pai, ela vê uma serenidade rara e isso é mais importante do que o Porsche que ele não tem, ela vê que ele se emociona com pequenos gestos e se revolta com injustiças, ela vê uma pinta no ombro esquerdo que estranhamente ninguém repara, ela vê que ele faz tudo para que ela fique contente, ela vê que os olhos dele franzem na hora de ler um livro e mesmo assim o teimoso não procura um oftalmologista, ela vê que ele erra, mas quando acerta, acerta em cheio, que ele parece um lorde numa mesa de restaurante mas é desajeitado pra se vestir, ela vê que ele não dá a mínima para comportamentos padrões, ela vê que ele é um sonhador incorrigível, ela o vê chorando, ela o vê nu, ela o vê no que ele tem de invisível para todos os outros.

Agora vou contar o que ELE vê nela: ele vê, sim, que o corpo dela não é nem de longe parecido com o da Daniella Cicarelli, mas vê que ela tem uma coxa roliça e uma boca que sorri mais para um lado do que para o outro, e vê que ela, do jeito que é, preenche todas as suas carências do passado, e vê que ela precisa dele e isso o faz sentir importante, e vê que ela até hoje não aprendeu a fazer um rabo-de-cavalo decente, mas faz um cafuné que deveria ser patenteado, e vê que ela boceja só de pensar na palavra bocejo e que faz parecer que é sempre primavera, de tanto que gosta de flores em casa, e ele vê que ela é tão insegura quanto ele e é humana como todos, vê que ela é livre e poderia estar com qualquer outra pessoa, mas é ao seu lado que está, e vê que ela se preocupa quando ele chega tarde e não se preocupa se ele não diz que a ama de 10 em 10 minutos, e por isso ele a ama mesmo que ninguém entenda.

Martha Medeiros
Postagem: K. Alberti

Gostar é função do coração, esquecer não

Gostar de alguém é função do coração, mas esquecer, não. É tarefa da nossa cabecinha, que aliás é nossa em termos: tem alguma coisa lá dentro que age por conta própria, sem dar satisfação. Quem dera um esforço de conscientização resolvesse o assunto (...).

Martha Medeiros
Postagem: K. Alberti